Página arquivada:pode conter informações antigas

Israel: CICV visita ativistas detidos

01-06-2010 Comunicado de imprensa

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) lamenta a trágica morte de civis e os ferimentos decorrentes da operação militar israelense no dia 31 de maio contra uma frota que se dirigia a Gaza. O alto número de vítimas aumenta a preocupação quanto a questões sobre os métodos e meios usados pelas Forças de Defesa de Israel (FDI) para evitar que a frota seguisse para Gaza.

" Nossa prioridade é verificar as condições e o paradeiro das pessoas feridas e das detidas pelas autoridades israelenses " , disse o chefe de delegação do CICV em Israel e territórios ocupados, Pierre Wettach. O CICV também se ofereceu para agir como intermediário neutro em nome dos cidadãos oriundos de países que não mantêm relações diplomáticas com Israel, protegidos pela Quarta Convenção de Genebra. " Tivemos acesso a dezenas de ativistas do comboio de navios, agora retidos pelas autoridades israelenses, e estamos restabelecendo contato com seus familiares " , disse Wettach.

Os habitantes de Gaza continuam sofrendo os efeitos da pobreza causada pelo cerco e pela guerra. O bloqueio imposto a Gaza há três anos e os efeitos da operação militar israelense na Faixa em janeiro de 2009 estão debilitando toda a economia. O socorro humanitário sozinho não consegue atender as grandes necessidades em Gaza, onde os civis estão pagando o preço do bloqueio e das hostilidades em curso.

O CICV pede a Israel que levante o bloqueio e pede aos Estados, às autoridades locais e aos grupos armados organizados pertinentes que façam o necessário para reabrir a Faixa de Gaza e garantir a vida e a dignidade de sua população civil.

  Veja também o mais recente Relatório de Operações do CICV sobre     as operações realizadas em Israel e territórios ocupados.  

  Mais informações:  

  Dorothea Krimitsas, CICV Genebra, tel: +41 22 730 25 90 ou +41 79 251 93 18  

  Cecilia Goin, CICV Jerusalém, tel: +972 52 601 91 50  

 

O CICV também está no Facebook (facebook.com/icrcfans) e
no Twitter (twitter.com/cicv_portugues)