Página arquivada:pode conter informações antigas

Líbano: CICV transfere jornalista sueco liberado de Aarsal a Beirute

08-01-2014 Comunicado de imprensa 14/05

Beirute/Genebra (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) transferiu hoje um dos dois jornalistas suecos sequestrados na Síria em novembro de Aarsal, no leste do Líbano, para Beirute.

"Nós nos encontramos com o jornalista em Aarsal e o levamos em um carro do CICV a Beirute", disse o chefe-adjunto da delegação do CICV no Líbano, Raoul Bittel. "Quando chegamos à capital, o jornalista foi entregue aos cuidados das autoridade da embaixada da Suécia".

A transferência aconteceu a pedido da embaixada sueca. O outro jornalista sequestrado na Síria foi liberado antes, sem que o CICV participasse do processo.
 

"O CICV agiu de maneira estritamente humanitária", disse Bittel. "A nossa organização não esteve envolvida nas negociações que levaram à liberação dos jornalistas".
 

Devido à natureza do seu trabalho, os jornalistas e outros profissionais de comunicação que cobrem conflitos armados estão inevitavelmente expostos aos perigos inerentes às operações militares. No entanto, como civis que não participam diretamente dos conflitos, o Direito Internacional Humanitário (DIH) exige que os civis jornalistas em missões profissionais em áreas de conflitos armados devem ser respeitados e protegidos. Os atos de violência deliberados contra eles estão proibidos.
 

Os meios de comunicação e os familiares dos jornalistas capturados, desaparecidos ou feridos em uma situação de conflito podem entrar em contato com o escritório do CICV mais próximo, ligar para a linha direta da organização +41 79 217 32 85, disponível 24 horas por dia, ou enviar um e-mail a press@icrc.org para pedir ajuda ou assessoria.

Mais informações:
Samar el Kadi,CICV Beirute, tel: +961 70 153 928
Claire Kaplun,CICV Beirute, tel: +961 71 802 876
Dibeh Fakhr, CICV Genebra, tel: +41 22 730 37 23 ou +41 79 447 37 26